Print
Full screen
Share

O que é cantar no tom?

Você provavelmente já ouviu falar sobre o termo, mas talvez não tenha muita certeza sobre o que é cantar no tom.

Ou, em uma situação mais complicada, você pode até mesmo acreditar que o tom é algo universal e que você precisa se enquadrar em algum tipo de molde.

Para ajudá-lo a melhorar suas habilidades e esclarecer suas principais dúvidas sobre o assunto, preparamos esse artigo para você entender melhor o que é o tom e como você pode descobrir o seu.

Então, vamos começar?

Aprenda a cantar bem, conheça a melhor opção de aula de canto online.

O que é cantar no tom?

Antes de tudo, precisamos entender que o tom é algo relacionado à canção que você vai cantar e não à sua voz em si.

Por mais que o tom precise ser adaptado para a sua voz, isso significa que você está alterando a música e não a voz. Entendido?

Para isso, é preciso conhecer a sua extensão vocal. Esse conceito engloba as notas que você consegue alcançar, sendo que a extensão pode ser ampliada com muito estudo e prática.

A premissa aqui é que a extensão da sua voz sempre deve ter uma oitava a mais que a melodia da canção. Assim, você consegue cantar de forma mais confortável.

Então, você analisa a melodia da música e descobre qual é a extensão da canção. Agora, começamos de fato a olhar para o tom.

Quando falamos em tom, estamos falando de graves e agudos. Portanto, para saber o que é cantar no tom e fazer a melhor escolha, você deve entender que essa é uma decisão estética.

Isso significa que você deve decidir entre manter o tom agudo ou grave da sua voz de acordo com o que a música pede.

O tom grave pode fazer com que a sua voz fique sumida e tímida diante dos instrumentos.

Por outro lado, os agudos podem dar a impressão de que você está esforçando demais a sua voz. Portanto, o ideal é sempre buscar o equilíbrio entre os dois termos.

Tudo isso pode parecer abstrato agora, mas não se preocupe. Conforme você começar a estudar técnicas vocais e entrar em contato com diferentes canções, você entenderá cada vez melhor como a música funciona. Então, essa tarefa se tornará cada vez mais fácil para você!

Com tudo o que apresentamos até agora, podemos concluir que as melhores dicas para cantar no tom são:

Conhecer a sua extensão vocal

O primeiro passo é identificar as notas que você consegue alcançar com tranquilidade. Geralmente, esse trabalho é feito com um exercício de mapeamento da voz, identificando também a sua tessitura.

Vale lembrar que a extensão da voz pode aumentar conforme a prática. Logo, se você quer alcançar alguma nota que não se encontra nesta extensão, é preciso estudar e treinar a voz!

Estudar a canção

Depois que você estiver mais familiarizado com a sua voz, você deve começar a estudar a canção, identificando as oitavas de sua melodia.

Aqui, é importante não se comparar com o intérprete original, já que cada voz é diferente.

Escolher o tom

Então, será a hora de escolher o tom no qual você vai cantar a música. Lembre-se de que não é nenhum crime adaptar o tom de uma canção para o que você escolher, então tudo depende da sua preferência.

Com essas dicas em prática, você entenderá melhor o que é cantar no tom e poderá começar a treinar suas canções favoritas de forma profissional.

Caso você ainda tenha dúvidas sobre o tema, deixe o seu comentário no espaço abaixo para que possamos ajudá-lo.

Não esqueça também de compartilhar este artigo em todas as suas páginas nas redes sociais.

O post O que é cantar no tom? apareceu primeiro em Cantar e Cantar.



via Cantar e Cantar https://cantarecantar.com/cantar-no-tom/
Want to create own pages and collaborate?
Start your free account today:
By clicking “Sign up”, you agree to our Terms and Conditions